Informação sobre glaucoma, causas, sintomas e tratamento do glaucoma, identificando o diagnóstico de glaucoma primário, secundário, de ãngulo aberto e fechado, com dicas que permitam a cada pessoa identificar este problema em fase prematura.


terça-feira, 31 de julho de 2012

Causas do glaucoma

O olho humano contém um líquido transparente conhecido como humor aquoso. Produzido constantemente por uma estrutura chamada corpo ciliar e drenado por uma outra, a malha trabecular, este líquido circula continuamente nas câmaras posterior e anterior do olho.
Quando a área de drenagem do olho, chamada de ângulo de drenagem, fica obstruída, o humor aquoso tende a se acumular dentro do olho provocando um aumento da Pressão Intra-Ocular. Quanto maior a pressão, maiores os riscos de ocorrer uma lesão do nervo óptico.
Existe, porém um tipo de glaucoma em que a Pressão Intra-Ocular não é elevada. Por essa razão, acredita-se que esta doença seja específica do nervo óptico, ou seja, uma neuropatia.
Outros fatores que podem contribuir para o aparecimento do glaucoma são: a miopia, o diabetes, histórico familiar, hipertensão e alguma doença ocular anterior. Certos medicamentos de uso crônico, como vasodilatadores, calmantes, antiparkinsonianos ou corticóides podem também desencadear o glaucoma.
A perda da visão provocada pelo glaucoma é perfeitamente evitável, desde que o diagnóstico e o tratamento sejam feitos pelo oftalmologista no início do aparecimento da doença.
Índice dos artigos relativos ao Glaucoma

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL